Aleksis Kivi trilha o caminho para ascensão do finlandês

Todos os anos, em 10 de outubro, a bandeira finlandesa é erguida em homenagem ao autor Aleksis Kivi (10/10/1834 – 31/12/1872), escritor do primeiro romance da Finlândia. O aniversário de seu nascimento também é comemorado como o Dia da Literatura Finlandesa.

ler artigo

Seu nome de batismo era Alexis Stenvall; nasceu em Palojoki, uma cidade a 33 quilômetros ao norte de Helsinque, Kivi era filho de um alfaiate. Foi um dos poucos garotos de sua área a passar nos exames de ingresso na universidade, em meados do século XIX, e o único representante de uma classe social baixa, visto que os outros que alcançaram esse nível eram todos de famílias de classe alta.

Embora grande parte de sua educação tenha ocorrido em sueco, ele é reconhecido por suas obras literárias em finlandês e usou o pseudônimo Aleksis Kivi, uma versão finlandesa de seu nome de nascimento. (A ortografia e origem de “Alexis Stenvall” são linguisticamente suecas.)

Kivi escreveu poemas, histórias e especialmente peças de teatro, mas é mais conhecido pelo romance Seitsemän Veljestä (Sete Irmãos), publicado em 1870. A obra é descrita como o primeiro romance escrito em língua finlandesa e como primeiro romance nacional da Finlândia, da mesma forma, Kivi é frequentemente chamado de o primeiro escritor profissional finlandês e é considerado o primeiro autor nacional da Finlândia. Sendo assim, é natural que seu aniversário também seja o Dia da Literatura Finlandesa.

Apesar da grande aclamação que seu trabalho recebeu mais tarde, Kivi nunca obteve renda suficiente para luxos como viajar para o exterior. Durante sua vida, ele teve ambos: apoiadores e detratores. Um de seus principais apoiadores foi o professor Fredrik Cygnaeus, que dizem ter sido um dos encorajadores da opção de Kivi por escrever em finlandês.

Pelo time do ThisisFINLAND, fonte: website sobre Alexis Kivi do setor de serviços culturais do município de Nurmijärvi.

Veja também no thisisFINLAND

Links