Primeira ministra de um governo da Finlândia foi uma conciliadora nata

Miina Sillanpää saiu da pobreza para tornar-se uma das primeiras mulheres do parlamento finlandês e uma influente ativista social, que ajudou a causa das mulheres, dos idosos e dos desfavorecidos. Em 1º de outubro, hastea-se as bandeiras finlandesas em memória de suas contribuições.

ler artigo

Miina Sillanpää (1866-1952) nasceu Wilhelmiina Riktig, a sétima filha de nove, de uma família pobre em Jokioinen, uma aldeia no sul da Finlândia, em um tempo de fome. Aos 12 anos, ela começou a trabalhar em uma fábrica de algodão na cidade vizinha, Forssa, 120 quilômetros a noroeste de Helsinque. Mais tarde, ela encontrou emprego como empregada doméstica em Porvoo, 50 quilômetros ao leste da capital, e depois mudou-se para Helsinque para trabalhar como auxiliar de serviços domésticos.

Ela passou a maior parte de sua vida envolvida com ativismo civil e defesa social.

Em 1898, ela ajudou a fundar a Associação dos Servidores, assumindo o cargo de diretora em 1901 – cargo que ocuparia por meio século. Ela foi ativa na campanha pelo sufrágio feminino no início de 1900 e,  depois que as mulheres obtiveram o direito de votar e de candidatar-se à eleição, em 1906, ela estava entre as 19 primeiras mulheres a serem eleitas para o Parlamento, em 1907.

Superando a resistência cultural

Miina Sillanpää: Vontade, fé, ousadia (legendas em inglês)Video: Sociedade Miina Sillanpää & co

Durante seus 38 anos como membro do Parlamento, Sillanpää trabalhou incansavelmente para promover as questões sociais em que acreditava. Ela apoiou continuamente medidas para melhorar a posição das mulheres na sociedade.

De 1926 a 1927 ela serviu como ministra de assuntos sociais, tornando-se a primeira mulher ministra de um governo da Finlândia.

Na década de 1930, ela ajudou a iniciar uma organização de abrigos para mulheres solteiras e seus filhos, superando a resistência cultural de longa data à idéia. Ela foi uma lutadora determinada e eficaz por melhorias nas vidas dos desfavorecidos e idosos, motivada por seus valores de justiça e igualdade.

Em 2016, o dia 1º de outubro foi declarado dia de hastear as bandeiras em honra a Miina Sillanpää.

Pela equipe do ThisisFINLAND, fonte: Sociedade Miina Sillanpää

Veja também no thisisFINLAND

Links