“Only in Finland”: uma história de notas, post-its e publicações em mídias sociais

O que acontece quando o faxineiro de um edifício de escritórios finlandês encontra cinco euros no chão?

ler artigo

É uma coincidência apropriada, que essa história tenha ocorrido justamente em uma empresa que lida com publicidade on-line, porque parece ser um caso de visibilidade nas mídias sociais surgindo organicamente, sem planejamento prévio ou algoritmos.

Tudo começou com um faxineiro na Smartly.io, uma empresa internacional com sede em Helsinque que

No final de janeiro de 2020, o faxineiro encontrou uma nota de cinco euros no chão e a deixou em uma mesa com um post-it azul que dizia: “Encontrado embaixo da mesa. Faxineiro.” Isso desencadeou uma cadeia de respostas que se estendeu por vários dias.

Um funcionário da Smartly, ao voltar para o trabalho no dia seguinte, colocou um post-it amarelo abaixo do azul: “Acho que essa é a sua gorjeta agora. Você merece!” Outro colega acrescentou uma nota separada:“Concordo plenamente!”

A Smartly tem funcionários finlandeses e estrangeiros; portanto, a troca de mensagens ocorreu em inglês.

“Obrigado pessoal, mas não posso aceitar! :-) ”, escreveu o faxineiro, que trabalha para uma empresa chamada Laatutakuu (que significa “garantia de qualidade”). Nessa época, of funcionários da Smartly postaram fotos sobre a troca de mensagens em seus canais de mídia social. (Eu notei isso no feed do Facebook de um amigo que trabalha na Smartly.)

Nobreza e caridade

Banknotes and post-it notes on a table at Smartly.io

Dentro de alguns dias, post-its e notas cobriram a mesa. No final, os funcionários decidiram doar o dinheiro para a caridade.
Foto cedida por Smartly.io

Um comentário apareceu na postagem do meu amigo no Facebook: “#onlyinfinland” (que significa, só na Finlândia). A Finlândia ficou em primeiro lugar em uma avaliação sobre o quanto as pessoas nos países da UE confiam em seus concidadãos. Além disso, o Índice de Percepção da Corrupção nomeou repetidamente a Finlândia como um dos países menos corruptos do mundo.

Porém, de volta ao escritório da Smartly, as coisas estavam apenas começando. A cadeia de post-its permaneceu na mesa e cresceu mais.

“Se comprarmos um pequeno presente, você aceitaria?” Alguém perguntou. O faxineiro respondeu: “Eu já recebi meu presente por sua apreciação. Muito obrigado mesmo!”

Algumas notas abaixo da cadeia, outra nota de cinco euros apareceu, mantida por um post-it que dizia: “Alguém nas mídias sociais viu um post [desse] tópico e queria dobrar o pote”. Com a seguinte nota, a direção mudou: “Deveríamos doar esse dinheiro para uma instituição de caridade! Faxineiro, que caridade?

A corrente continua

Collection jar that says "Put your money here."

Um pote para coletar dinheiro apareceu na mesa com uma nota que dizia: “Coloque seu dinheiro aqui”.
Foto cedida por Smartly.io

A próxima pessoa a escrever uma nota sugeriu a Kympin Lapset, uma organização sem fins lucrativos que apoia crianças com câncer e suas famílias. O próprio faxineiro contribuiu com cinco euros. Apareceram várias outras doações, notas de cinco e dez euros, seguidas de um post-it laranja: “Você também pode doar via MobilePay à Kympin Lapset. Eu já fiz isso!”

Ao lado, um novo post-it azul apareceu: “Caso encerrado! :-) ”

Não é bem assim, pois um ecossistema se desenvolveu em torno das notas. Na última vez que verificamos, um pote para coletar doações havia se materializado, com um post-it amarelo incentivando as pessoas a “colocar seu dinheiro aqui”. E, até agora, várias notas já apareceram no pote.

Por Peter Marten, Fevereiro 2020

Veja também no thisisFINLAND