Bolos, doces e hidromel adoçam o Dia do Trabalho finlandês

O que é um “bolo de funil” e como é a sua versão finlandesa? Existe uma data apropriada para comê-lo? Nós nos aprofundamos nas iguarias do Dia do Trabalho, que é, certamente, o feriado mais importante e mais louco do ano na Finlândia.

ler artigo

Todos os anos, em 30 de abril e 1 de maio, os finlandes  se revezam em torno de doces fritos tradicionais do feriado e de bebidas cintilantes.

O Dia do Trabalho é conhecido como Vappu em finlandês e Valborg em sueco (também língua oficial da Finlândia). É dia de homenagear os trabalhadores, mas, por gerações, o Vappu também celebra a chegada da primavera como uma efusão de emoções festivas de dois dias. Uma série de comidas e bebidas clássicas estão associadas ao feriado.

Os divertidos “bolos de funil”

Um “bolo de funil” finlandês do Dia do Trabalho, ou “tippaleipä”, é um nó de massa crocante e marrom-dourada, polvilhada com açúcar de confeiteiro.Foto: Ossi Lehtonen/Lehtikuva

Os chamados tippaleipä, cuja tradução para o português seria algo como “pão de gotas”, correspondem ao funnel cake, ou “bolo de funil”, americano. Para fazê-los, a massa é colocada em um funil ou em um saco de confeiteiro e, depois, é frita em óleo quente. O resultado é um nó de massa crocante e dourada, do tamanho de um punho, que é normalmente polvilhada com açúcar de confeiteiro.

Toda mercearia finlandesa vende estes “bolos de funil” a partir de meados de abril. Algumas confeitarias orgulham-se de sua longa história seguindo esta tradição: a confeitaria e chocolateria Fazer, vangloria-se por usar a mesma receita desde a década de 1960.

Muitos finlandeses preferem fazer seus próprios bolos em vez de comprar a variedade embalada. Os puristas, é claro, lhe dirão que tippaleipä quente e fresco é o melhor.

Vida açucarada

Atmosfera festiva: No Vappu, você pode encontrar um urso vendendo balões no centro da cidade de Tampere, no centro-sul da Finlândia.Foto: Laura Vanzo / Visite Tampere

Os donuts são outro alimento frito habitualmente consumido no primeiro de maio. A versão finlandesa é chamada de munkki. A palavra significa “monge” e a lenda diz que o nome se refere à cor parda e marrom das vestes monásticas, ou à forma redonda dos próprios monges. Um munkki é um pouco mais consistente do que os donuts encontrados na América do Norte.

Existem muitas variedades, podem ser donuts de levedura ou com massa parecida com a de bolo, às vezes recheados com geléia ou cobertos com glacê doce. No entanto, o honrado munkki do Dia do Trabalho é um donut de levedura passado no açúcar logo após fritar.

As mercearias vendem donuts e  mini donuts, mas muitos finlandeses os fazem em casa. Uma prática comum é fazê-los pela manhã no Dia do Trabalho para levá-los para um piquenique à tarde.

Hidromel é uma antiga bebida alcoólica criada pela fermentação do mel com a água. A Finlândia tem a sua própria variedade, única e tradicional para o Dia do Trabalho, chamada sima. A versão moderna finlandesa geralmente tem muito baixo teor alcoólico e é feita com açúcar em vez de mel.

Diversas variedades comerciais aparecem nos mercados ao mesmo tempo em que caixas de tippaleipä chegam às prateleiras, mas todas as sima têm características semelhantes. São sempre douradas ou castanho claras e borbulhantes pelas fermentação. O sabor contém um toque de limão e passas. Versões antigas não são filtradas e ficam ligeiramente turvas por causa da levedura.

Um dia borbulhante para um piquenique

Alguns piqueniques do Dia do Trabalho são grandisos; pessoas levam móveis e toalhas de mesa brancas para o parque.Foto: Jussi Nukari/Lehtikuva

As passas são particularmente importantes se você fizer o seu próprio sima, porque à medida que ocorre a fermentação, pequenas bolhas se agarram às passas na garrafa. Quando as passas flutuam até o topo, você sabe que o sima está pronto para beber.

E para que ninguém diga que deixamos de mencionar o óbvio: champanhe e outros vinhos espumantes também gozam de grande popularidade no Vappu.

O Dia do Trabalho é caracterizado por piqueniques, desde que não esteja chovendo ou nevando – embora uma proporção significativa de participantes comprometidos faça piquenique independentemente do clima. E sim, alguns anos testemunharam nevascas em 1 de maio, embora possamos nos lembrar de muitos dias ensolarados também.

Para os piqueniques, os finlandeses levam comidas apropriadas para o momento: almôndegas, salsichas, salada de batata, arenque em conserva e batatinhas cozidas. Em alguns parques é possível levar mini-churrasqueiras portáteis para assar salsichas. É normal que as pessoas se esforcem para tornar o dia uma ocasião especial. No parque Kaivopuisto, localizado à beira-mar em Helsinque, por exemplo, há lonas e mesas com toalhas de mesa brancas.

Apesar da variedade de comidas que as pessoas servem nos piqueniques do Dia do Trabalho, que vão dos petiscos à boa cozinha, o feriado não parece completo sem os clássicos: “bolos de funil”, donuts e hidromel. Se você se sentir aventureiro na cozinha, poderá celebrar seu próprio Dia do Trabalho no estilo da Finlândia, não importando onde você esteja no mundo.

Por David J. Cord, abril de 2018

Veja também no thisisFINLAND

Links