Adquira já seus ingressos da temporada em uma biblioteca finlandesa

As bibliotecas finlandesas estão cheias de surpresas: furadeiras elétricas, sapatos de neve, um barco a remo e, agora também, ingressos da temporada para eventos culturais e esportivos. Ah sim, há livros também.

ler artigo

Quando a nova e impressionante biblioteca central de Helsinque, Oodi (o nome significa “ode”), inaugurou no final de 2018, ela atraiu muita atenção internacional tanto pela variedade de seus serviços e instalações, quanto por sua arquitetura fabulosa.

Para o povo finlandês, embora esteja super orgulhoso de seu novo ponto de referência, não há uma surpresa muito grande no fato de o conceito de biblioteca agora envolver máquinas de costura e impressoras 3D, que estão disponíveis para uso na Oodi.

A Oodi é o exemplo mais ilustre da tradição estabelecida pelas bibliotecas finlandesas em ampliar os horizontes para empréstimos públicos. A opção mais recente e criativa de empréstimo já ganha força dentro e fora da capital: ingressos para a temporada de eventos esportivos e culturais.

Pessoas que investem em ingressos de temporada, reservando os mesmos lugares para todos os jogos ou concertos do período, às vezes emprestam estes ingressos a amigos ou a contatos comerciais. Agora, você pode pegar alguns deles emprestados na biblioteca. Durante uma semana ou duas, você se torna portador de um bilhete de temporada.

As gaivotas abriram o caminho

Trae Bell-Haynes, do Helsinki Seagulls (à direita), faz uma pausa em torno de Aatu Kivimäki, do Vilpas, um clube da cidade de Salo, no sudoeste do país, na ação da Copa da Finlândia em 25 de janeiro de 2020. O Seagulls venceu, por 94-93.
Foto: Antti Aimo-Koivisto/Lehtikuva

O conceito foi desenvolvido por Toni Leppänen, diretor de esportes do clube de basquete de Helsinque, o Seagulls (que em português significa gaivotas), no outono finalandês de 2019. Sua iniciativa de disponibilizar vários ingressos para a temporada de jogos dos Seagulls na biblioteca local do bairro de Töölö deu super certo. Agora, bibliotecas em toda a capital e no resto do país disponibilizam opções de empréstimo semelhantes para todos os tipos de eventos.

“Até onde eu sei, a cooperação entre os Seagulls e a Biblioteca de Töölö foi a primeira desse tipo”, diz Rauha Maarno, secretária geral da Associação Finlandesa de Bibliotecas. Até onde ela sabe, o conceito de emprestar ingressos de temporada é algo exclusivo da Finlândia.

“Ele se espalhou por toda a Finlândia de uma maneira muito orgânica. As pessoas ficaram empolgadas e começaram a pensar que isso era algo que podiam fazer localmente.”

Essa democratização do acesso a eventos atrai espectadores que normalmente não gastariam ou não poderiam gastar dinheiro com ingressos. E também é um programa de divulgação para as equipes – os ingressos para a temporada geralmente estão localizados em uma biblioteca perto do local dos jogos.

“O mesmo tipo de conceito se espalhou além dos eventos esportivos, passando pelos eventos culturais e shows”, diz Maarno. “Eu acho que é uma inovação realmente excelente, porque é muito fácil fazer isso acontecer. As bibliotecas têm a infraestrutura para gerenciar os ingressos da temporada e é fácil fazer isso em qualquer lugar da Finlândia. ”

As equipes de hóquei no gelo com ingressos nas bibliotecas incluem JYP em Jyväskylä, Jokerit em Helsinque e as duas equipes de Tampere (Ilves e Tappara). Em Vaasa, você pode pegar emprestados ingressos para a arena de hóquei, a sala de concertos ou o teatro da cidade. A coleção da Oodi inclui a Orquestra Filarmônica de Helsinque e a Orquestra Sinfônica da Rádio da Finlândia.

Ganhando o jogo

A Orquestra Filarmônica de Helsinque toca no palco principal do Music Center, do outro lado da praça da Biblioteca Oodi, onde você pode, convenientemente, pegar emprestado ingressos para as apresentações.
Foto: Heikki Tuuli

O debate original sobre se as bibliotecas finlandesas deveriam expandir suas ofertas além dos livros, músicas e filmes costumeiros foi resolvido há muito tempo, no início do milênio. O surpreendente catálogo de itens já disponíveis para os usuários em várias bibliotecas varia de furadeiras elétricas e sapatos de neve a equipamentos de jardim e um barco a remo (guardado na praia mais próxima, não em uma estante de livros).

Um fator que ajuda isso a acontecer é que a lei finlandesa exige que todo município seja equipado com uma biblioteca pública. Algumas áreas podem enfrentar desafios demográficos, como a queda da receita tributária em comunidades rurais em envelhecimento, mas desenvolvimentos imaginativos podem ajudar a manter a saudável taxa de 60% de uso de bibliotecas registrada em todo o país.

“As bibliotecas finlandesas são conhecidas por estarem ganhando o jogo, inovando e experimentando novas ideias”, diz Maarno. “Bibliotecários são pessoas de cabeça muito aberta; que querem desenvolver serviços e são bons em se adaptar a novas ideias. Há situações  em que as bibliotecas têm poucos funcionários, então pode haver desafios, mas acho que o serviço de ingressos para a temporada é algo bem fácil de oferecer. ”

Por Tim Bird, janeiro de 2020

Veja também no thisisFINLAND