Duas estátuas homenageiam escritor finlandês em Helsinki

O autor e acadêmico Zacharias Topelius é lembrado por suas poesias, prosa e histórias infantis. O ano de 2018 marca o 200º aniversário de seu nascimento.

ler artigo

Zacharias Topelius (14 de janeiro de 1818 – 12 de março de 1898) foi um escritor finlandês falante de sueco (na Finlândia moderna, finlandês e sueco são as línguas oficiais). Nascido no interior de Nykarleby (Uusikaarlepyy em finlandês), na região costeira central ocidental de Ostrobotnia. Topelius mostrou um interesse precoce na leitura.

O autor mudou-se para Helsinki para a estudar em 1831, onde conheceu o poeta J.L. Runeberg, além de outros grandes artistas literários e culturais da era. Com o tempo, ele foi considerado um dos sucessores de Runeberg.

Começando em 1841, Topelius construiu a carreira de jornalista escrevendo peças factuais e histórias em série para o jornal em língua sueca Helsingfors Tidningar. A circulação do periódico cresceu enormemente durante o período em que Topelius trabalhou lá.

Em 1854, foi nomeado professor de história finlandesa na Universidade Imperial Alexander em Helsinki. Muito depois, ele se tornou reitor da universidade.

Ele é conhecido no dias de hoje como um prolífico escritor de poesia, prosa e livros infantis. Duas esculturas públicas em sua homenagem foram construídas na capital finlandesa em 1932. Uma, por Ville Vallgren, fica em frente ao Museu do Design e mostra o autor lendo, rodeado por várias crianças. A outra, de Gunnar Finne, está localizada na Esplanade e retrata duas figuras femininas que representam a verdade e a ficção.

Veja também no thisisFINLAND