Gymnaestrada movimenta Helsinque

Helsinque é sede do maior evento mundial de ginástica, de 12 a 18 de julho.Gisnastas do mundo inteiro se apresentarão.

ler artigo

O maior evento de ginástica do mundo acontecerá em Helsinque, de 12 a 18 de julho de 2015. Ginastas do mundo inteiro irão se apresentar, sem competir.

Sob o lema “Make the Earth Move” (Faça a Terra se Mover), a Gymnaestrada é realizada a cada quatro anos, atraindo pessoas de mais de 50 países. Desta vez, a sede do evento será a Finlândia e poderemos desfrutar de uma semana de perfórmances e diversão. O acontecimento é aberto a participantes de todas as idades e as apresentações são realizadas em grupo.

Teresa Anderson, de Kamloops, British Columbia, Canadá, estará acompanhando a filha Katie, de 13 anos a Helsinque. Quando falamos com ela, Teresa disse que ambas estavam ansiosas e contando os dias para o evento.

Possivelmente a maior festa de todas

Misturando elementos de dança e ginástica, esta apresentação na Gala da Ginástica Finlandesa mostra o que os visitantes podem esperar ver no estádio Helsinki Ice Hall, uma das locações da Gymnaestrada.

Misturando elementos de dança e ginástica, esta apresentação na Gala da Ginástica Finlandesa mostra o que os visitantes podem esperar ver no estádio Helsinki Ice Hall, uma das locações da Gymnaestrada.Foto: Jouko Keski-Säntti/Gymnaestrada

“A Gymnaestrada pretende dividir com todos a alegria de uma ginástica acessível a todas as pessoas de qualquer capacidade ou idade”, diz Teresa. “Ela reúne pessoas de todos os cantos do mundo para participar de algo que amam. Não há como ser menos do que a maior festa de todas!”

Katie enfatiza: “Qualquer um pode participar. Você não está competindo contra seus companheiros de equipe, mas está realizando algo com eles. Você não precisa ter um certo nível de habilidade, apenas tem que amar a ginástica. ”

Além das apresentações, a família Anderson está ansiosa por conhecer Helsinque. “Quero muito ver Suomenlinna, experimentar salmiakki (uma bala tradicional feita de alcaçuz salgado) e ir à sauna”, diz Teresa. “A equipe está ansiosa para usar as palavras em finlandês que vem aprendendo. Algumas de nossas meninas nunca saíram do Canadá, portanto, essa será uma viagem muito especial para suas vidas. E eu quero visitar também o parque de diversões Linnanmäki”, adiciona Katie.

“And I want to visit the Linnanmäki Amusement Park,” Katie adds.

Uma adolescente de outro hemisfério, Gaëlle faz parte da equipe do Zimbábue. A equipe que executará dança acrobática, conta com 22 pessoas entre 13 e 25 anos de idade. “A Gymnaestrada é um evento especial por conta de seu multiculturalismo,” diz ela. “É uma excelente oportunidade para se fazer amigos e descobrir novas culturas das quais provavelmente nunca ouvimos falar antes.”

“Estamos todos muito ansiosos para descobrir a Finlândia, conhecer os habitantes locais e, quem sabe, ver monumentos importantes durante nossa estadia.”

Impossível de explicar

As apresentações da Gymnaestrada impressionam com coreografias geométricas que tomam conta dos espaços em estádios.

As apresentações da Gymnaestrada impressionam com coreografias geométricas que tomam conta dos espaços em estádios.Foto: Akifoto/Gymnaestrada

A Gymnaestrada, no formato que segue atualmente, teve início em Rotterdam, em 1953, com o intuito de mostrar e promover a diversidade da ginástica, também construindo pontes que conectem diferentes nações. É a primeira vez que a Finlândia será a anfitriã do evento, que é muito grande internacionalmente, mas não muito conhecido por aqui.

Esperamos, no entanto, que isso mude – o escopo completo da Gymnaestrada é bem complexo. Ele inclui 21 mil participantes de mais de 50 países e cerca de 200 horas de perfórmances, tudo em apenas sete dias, em lugares diferentes por toda a capital finlandesa.

Kirsti Partanen, da Federação Finlandesa de Ginástica, é a presidente do comitê de organização local. Ela tem boas lembranças de edições anteriores da Gymnaestrada.

“Teve um momento em que minha mãe, na época com 80 anos de idade, eu e minha filha, nos apresentamos na Gymnaestrada no mesmo ano”, ela diz. “Em competições tudo gira em torno de chegar, competir e ir embora. A Gymnaestrada tem como foco a troca de experiências em comunidade. Amizades são formadas entre pessoas de lugares diferentes no mundo. É impossível explicar a energia positiva do evento, é algo para se experimentar.

Por Joanna Nylund, junho 2015

Links