Encontros próximos com o grande alce

Visitamos uma fazenda finlandesa onde você pode acariciar e alimentar alces e comer um jantar saboroso de carne de alce.

ler artigo

Um alce macho com uma bela coroa de chifres é uma visão impressionante. Em Moose Manor, a primeira e única atração turística de alces da Finlândia, os visitantes podem ver, alimentar e acariciar alces antes de jantares saborosos com ingredientes locais – incluindo carne de alce.

O alce macho Jorma balança orgulhosamente seus chifres majestosos enquanto passeia ansiosamente procurando os galhos copados que oferecemos a ele na mata curral atrás de Moose Manor. A alce fêmea Annikki é mais cautelosa, fingindo um ataque antes de levar o bezerro Suvi para um canto isolado de sua cerca.

“Nossos três alces adultos vieram de zoológicos, já que, na Finlândia, é ilegal ter animais selvagens em cativeiro, mas nossos dois bezerros, Laila e Suvi, nasceram aqui”, explica Susanna Partio, que inaugurou Moose Manor, em 2008, em uma fazenda antiga em Jämsä na Finlândia central.

Moose Manor é um negócio de família. Susanna, uma chef especialista, cuida da cozinha, enquanto seu filho Paavo toma conta dos animais e guia os turistas.

Personalidades individuais

4397-edited-2-_550-jpg

Foto: Fran Weaver

Alces comem até 40 quilos de comida por dia. “Fizemos amizade com os proprietários locais limpando as matas de salgueiros para alimentar nossos alces”, diz Susanna. “Às vezes, nós também os alimentamos com maçãs, batatas ou feno para reproduzir suas dietas sazonais naturais e, como resultado, os animais têm permanecido saudáveis”.

Alces podem facilmente se acostumar com pessoas, ainda que sua atenção limitada faz com que seja praticamente impossível treiná-los para quaisquer trabalhos úteis. “Cuidar de um alce não é tão difícil – exceto na época do cio em outubro, quando os machos nem mesmo comem e só conseguem pensar em uma coisa!”, acrescenta Paavo.

Os Partios são muito apegados aos seus “bichos de estimação” raros e dispostos a explicar suas personalidades distintas para os visitantes. “Nosso macho mais velho, Matti-Esko, escapou há alguns dias, mas ele não sabia como se comportar na floresta com os alces selvagens. Quando ele veio para casa, cansado e muito magro, lambeu toda a minha cara”, lembra Susanna.

Alce no menu

A Moose Manor é um destino popular de férias de inverno para todos os que moram na região do resort de Ski Himos, dentre eles muitos turistas russos, holandeses e alemães. No verão, a maioria dos visitantes é de turistas finlandeses e russos. “A chance de ver um alce de perto é a atração principal, mas quase todos também ficam para jantar no restaurante”, diz Susanna.

O menu de Moose Manor inclui carne de alce de caçadores locais.

O menu de Moose Manor inclui carne de alce de caçadores locais.Foto cortesia de Moose Manor

A cozinha serve comida finlandesa tradicional, incluindo cogumelos locais colhidos na floresta, frutos silvestres, ervas florestais e peixes de água doce, além de carne de alce. A carne de alce é fornecida fresca por caçadores locais no outono e um estoque é mantido no refrigerador para o resto do ano. “Mesmo que nossos próprios alces nunca sejam vendidos como comida, achamos natural comer carne de alce e as pessoas deveriam entender de onde a comida vem”, diz Susanna.

Depois de saborear o guisado de carne de alce com purê de batata, molho de amora alpina e pepinos em conserva da Moose Manor, vamos para o curral onde uma jovem fanática por alces, Anni, está acariciando apaixonadamente o focinho do seu novo amigo. “Matti-Esko é o meu favorito. Ele é gigante, mas muito amigável, e seus chifres parecem tão engraçados com sua cobertura quente e macia”, diz ela, encantada.

Alce selvagem em liberdade

Alces que atravessam rodovias podem causar acidentes.

Alces que atravessam rodovias podem causar acidentes.Foto: Fran Weaver

A população de alces na Finlândia era de aproximadamente 100.000 no final de 2010, de acordo com pesquisas conduzidas pelo Instituto de Pesquisa de Caça e Pesca Finlandês. Uma estimativa de 60.000 alces nasceram na primavera de 2011.

Lobos e outros predadores selvagens são raros na Finlândia, portanto o número de alces é significativamente limitado por uma caça controlada. Isso ajuda a reduzir acidentes de trânsito e o dano causado pelos alces em florestas gerenciadas comercialmente.

Uma permissão foi dada para que cerca de 60.000 alces sejam caçados no outono de 2011 (a época de caça de alces começa em 24 de setembro).

Há 310.000 caçadores registradosna Finlândia. Cerca de 100.000 pessoas caçam alces, geralmente em grupos planejados organizados por clubes de caça local.

 

Por Fran Weaver, setembro de 2011

Links