Como sobreviver o inverno na Finlândia e se divertir

A vida é para curtir, não só sobreviver, e o mesmo vale para o inverno finlandês. Café, roupa e neve interpretam os papéis principais.

ler artigo

A chegada do inverno frio, escuro e nevado não significa que a vida pára. Ao contrário, descubra como os finlandeses não apenas sobrevivem como também se divertem!

A Finlândia é uma das regiões mais setentrionais do mundo que tem uma população permanente. O inverno na Finlândia dura em torno de três a sete meses, dependendo da região, todavia, independentemente da localização, ele é frio, escuro e nevado. Porém essas características não atrapalham o dia a dia. Os finlandeses continuam indo à escola de manhã, não importa o frio e o volume de neve.

Eles sabem aproveitar ao máximo os meses de inverno. Veja abaixo as dicas Oito Mais do Inverno, que dão uma ideia daquilo que mantém os finlandeses ativos durante os meses mais frios do ano.

Café

4020-winter2_b-jpg

Um cappuccino coberto de canela espanta o friozinho do inverno.Foto: Rodeo.fi/Juha Tuomi

O café move as pessoas nas manhãs frias e escuras do inverno. Ele dá força para o dia inteiro e alguns chegam a dizer que ele os ajuda a cair no sono, acredite se quiser. As estatísticas indicam que o consumo de café per capita na Finlândia é de 11,92 quilos (em 2009), em torno de 3,8 xícaras de café ao dia (comparado com 4,67 quilos por pessoa nos EUA, ou 7,35 quilos na Suécia). Os finlandeses preferem um café de torrefação leve, e um pouco mais amargo que o da Europa Continental.

Servir café é uma tradição importante finlandesa. A maioria das comemorações familiares, as ocasiões especiais no trabalho, as recepções para personalidades do esporte e as visitas de amigos incluem uma mesa posta com belíssimas xícaras de café e doces variados. Porém, os finlandeses tomam café em qualquer lugar e por toda parte: toda desculpa é boa para por as mãos numa xícara de café. A chegada das redes de café ao estilo americano, que vem rapidamente atraindo uma ampla clientela, mudou a paisagem urbana do país.

Outras bebidas quentes, como chá, chocolate, suco quente de groselha e ‘glögi’, a versão nórdica de vinho quente com especiarias, também são populares entre os finlandeses no inverno.

Sauna

4020-winter3_b-jpg

Nada te faz sentir mais vivo ou renovado do que um mergulho em águas geladas depois de ficar assando na sauna!© Visit Finland

Fazer uma sauna (ou a sauna) é um ícone da condição finlandesa, e não há de se estranhar. Há no mínimo dois milhões de saunas neste país de 5,4 milhões de habitantes e 2,6 milhões de imóveis residenciais. Esta cifra está aumentando, pois a maioria dos apartamentos novos tem uma sauna elétrica ao lado do banheiro.

Os finlandeses encerram a noite com uma sauna, fazem uma sauna após a prática de esportes, depois de transpirar no trabalho, em nome da amizade e de estar juntos, para selar o fim de negociações, ou simplesmente porque é dia da sauna, na falta de outra desculpa. Ao contrario do que pensam os estrangeiros, as pessoas não competem para determinar quem consegue suportar a sauna mais quente ou ficar na sala aquecida mais tempo. Eles consideram sensato aquecer a sauna a uma temperatura de cerca de 80 graus Celsius.

No inverno, a sauna é um ótimo lugar para aquecer mãos e pés congelados. É um local de relaxamento, tranquilidade e meditação. A experiência na sauna inclui escapar das tensões do dia a dia para outra realidade, em busca de calma e contentamento. Há quem diga que um mergulho num buraco cavado na superfície gelada de um lago ou no mar é um dos prazeres de uma sauna à beira d’água no inverno. Isto certamente melhorará a circulação, e leva, no mínimo, a uma sensação refrescante de bem estar!

Casas aquecidas

4020-winter4_b-jpg

As janelas com vidros tríplices garantem temperaturas amenas dentro de casa, mesmo quando as externas caem bruscamente.Foto: Rodeo.fi/Tuomas Marttila

Uma casa aquecida faz toda a diferença quando faz um frio de 20 graus negativos lá fora. A Finlândia vem dando ênfase ao desenvolvimento de técnicas de construção com tecnologias voltadas para a economia de energia e o uso de recursos naturais renováveis. Os regulamentos da construção determinam que as janelas nos prédios novos tenham vidros tríplices, sendo que a tecnologia mais recente permite que os vidros das janelas funcionem também como painéis solares. Um isolamento à prova de correntes de ar e uma camada de material de isolamento de no mínimo dez centímetros de espessura são técnicas já incorporadas às paredes externas das casas.

Há várias opções disponíveis de aquecimento, porém o aquecimento municipal é uma maneira eficaz, econômica e ambientalmente sadia para aquecer uma quantidade grande de imóveis. Este sistema economiza cerca de 30 por cento de energia, quando comparado à produção isolada de calor e eletricidade. Este método de aquecimento é produzido por centrais elétricas, com a cogeração de calor e eletricidade. O calor é transferido para a água que é circulada através de uma rede de canos para os radiadores instalados nas casas, antes de ser redirecionada à central elétrica para reaquecimento e reciclagem.

Dirigindo no inverno

4020-winter5_b-jpg

Aquecedores para o bloco do motor ajudam a dar a partida nos carros fácil e rapidamente, até mesmo nos invernos mais rigorosos.Foto: Rodeo.fi/Tero Sivula

Os finlandeses usam seus carros no inverno quase tanto quanto no verão, porém acessórios especiais são necessários ao dirigir em temperaturas baixas e em estradas geladas.

A lei exige que todos os proprietários de carros na Finlândia instalem pneus especiais de neve nos seus carros, que podem ser pneus para todo tipo de clima ou pneus com tachões. Os motoristas entram em estado de alerta assim que o inverno começa a chegar. A visibilidade deteriora, há risco de derrapagem nas estradas, as distâncias necessárias para frear aumentam e dirigir em neve profunda reduz o controle do motorista sobre o veículo.

Um aquecedor elétrico do bloco do motor permite dar a partida no carro mais facilmente e reduz o consumo de combustível, sendo uma grande vantagem para os motoristas que não têm uma garagem e deixam os seus carros ao ar livre nas noites de inverno. É comum ver os motoristas conectando seus carros a soquetes elétricos nos estacionamentos a céu aberto perto de suas casas, quando voltam do trabalho. Os aquecedores de assentos são um item padrão dos carros destinados aos países nórdicos e algo que os motoristas destas latitudes verdadeiramente apreciam

Como se livrar da neve

4020-winter6_b-jpg

Está mais pesado do que parece, mas ele continua sorrindo!Foto: Rodeo.fi/Juha Tuomi

As regiões ao norte da Finlândia em geral já estão cobertas pela neve no final de outubro, sendo que as regiões ao sul começam a ficar cobertas de neve entre dezembro e janeiro. A neve normalmente começa a derreter apenas em meados de março no sul, e nas regiões mais ao norte da Lapônia ainda é possível ver manchas de neve em junho. A Finlândia sabe lidar com nevascas e temperaturas baixas.

A manutenção de vias e estradas é regulamentada por lei na Finlândia. Os proprietários de terras e as autoridades municipais dividem a responsabilidade pela manutenção de vias e estradas. As autoridades municipais garantem a prontidão de máquinas removedoras de neve quando é necessário limpar vias e estradas, bem como de pulverizadores de sal e areia grossa para cobrir vias e estradas onde há risco de derrapagem.

A densidade populacional é baixa nas regiões rurais da Finlândia e há longos trechos de vias e estradas mantidos pelos proprietários de terras adjacentes, ou por cooperativas que são responsáveis por alguns trechos. Postes equipados com refletores servem de indicadores para os motoristas de removedores de neve e para outros usuários das estradas e marcam o início do acostamento, mesmo nas nevascas mais intensas.

Como se divertir na neve

4020-winter7_b-jpg

Usar o trenó é uma questão de atitude, assim como o inverno! É melhor relaxar e aproveitar o passeio!Foto: Rodeo.fi/Juha Tuomi

É uma sensação fantástica acordar uma manhã, no início do outono, e ver a primeira neve pela janela! As crianças correm para fazer o primeiro boneco de neve e encontrar o primeiro morro para usar os seus trenós, enquanto os adultos tiram do armário os seus equipamentos para esportes de inverno.

O esqui de fundo é um passatempo nacional e praticamente todos os municípios mantêm pistas de esqui que são iluminadas à noite. A maratona anual de esqui Finlandia atrai mais de 5.000 inscritos para um circuito de 60 quilômetros. Além disso, as escolas fecham durante uma semana de férias de esqui, em fevereiro ou março, e muitos pais se ausentam do trabalho nessa época para que as famílias possam juntas, aproveitar os esportes de inverno.

Outros esportes chave são as diversas modalidades de esqui alpino, snowboarding e esqui livre. Estes dois últimos são modalidades esportivas relativamente novas, porém rapidamente se tornaram as favoritas dos jovens e dos audaciosos. A patinação no gelo é outro passatempo nacional, como o esqui de fundo. O município mantém ringues de patinação ao ar livre nas quadras de esporte das escolas e em outras áreas planas apropriadas. Os ringues de patinação cobertos que estão espalhados pelo país são usados por patinadores e clubes, e também pelos times de hóquei – o hóquei no gelo é o esporte que atrai o maior público na Finlândia.

Como se vestir na neve

4020-winter8_b-jpg

Brincar na neve não é problema quando usamos um macacão bem quentinho!Foto: Rodeo.fi/Mika Heittola

O segredo para aproveitar o inverno ao ar livre é usar a roupa adequada. O mais importante é usar uma primeira camada de roupa que absorva o suor da pele. Essa roupa de baixo, feita com tecidos que transferem a umidade para as camadas externas de roupa, porém mantêm o calor e a pele seca, estão disponíveis em lojas de departamentos e lojas de material esportivo. Use outra camada de roupa quente sobre esta: o material apropriado neste caso é o polar, o algodão ou a lã. A terceira camada ou camada externa deve ser uma roupa à prova de vento e de água, mas que respire e, dependendo da intensidade do frio, que seja enchumaçada ou acolchoada.

Devemos, também, nos preocupar com a proteção dos pés, das mãos e da cabeça contra o frio. Primeiro use meias que observem a umidade da pele e que não a irritem depois vista meias de lã e finalmente calçados confortáveis, com forros isolantes apropriados e solas antiderrapantes. Não há coisa que estrague a diversão ao ar livre mais rápido do que pés congelados. As luvas devem ser folgadas e ter um forro quente. As orelhas devem estar protegidas contra o frio e, em clima muito frio, um gorro de seda é uma opção excelente para proteger o rosto.

Lembre-se do ditado finlandês: ”Não existem invernos ruins, só roupa ruim.”

Os prazeres dos entardeceres de inverno

Ao contrário do que possam imaginar os estrangeiros sobre os entardeceres escuros de inverno, há uma gama de opções de atividades quando o dia de trabalho termina. Para os estudiosos ávidos, a rede extensa de bibliotecas apoia o hábito nacional de leitura. Há também, em todo o país, 250 escolas comunitárias públicas de ensino superior e centros de ensino para adultos que oferecem toda espécie de cursos a um preço razoável: idiomas, trabalhos manuais, estudos sociais, artes, esportes – tudo o que for popular ou relevante e que interesse às pessoas. Estes centros educacionais voluntários são muito tradicionais e atraem cerca de 80.000 pessoas a cada ano.

4020-winter9_b-jpg

O esporte de inverno que atrai o maior público é cheio de ação e de lances emocionantes.Foto: Antti Aimo-Koivisto/Lehtikuva

Os finlandeses participam de associações que melhoram a qualidade de vida no município onde residem e em todo o mundo, das mais variadas maneiras: praticando esportes, aprendendo sobre outras culturas, lidando com questões locais, realizando projetos de desenvolvimento internacional, dando destaque para os interesses das crianças, dos idosos e dos incapacitados e, de maior importância, convivendo com pessoas que pensam assim. Existem cerca de 123.000 associações registradas e, estatisticamente, cada finlandês é associado a mais de uma delas.

As atividades culturais e esportivas atraem um grande público. Toda cidade merecedora de algum respeito tem um teatro, sendo que grande parte destas cidades também tem a sua própria orquestra. É comum as pessoas aguardarem meses na lista de espera para as apresentações mais populares. Existem muitas alternativas de esportes em ginásios cobertos, porém o hóquei no gelo atrai o maior público nos entardeceres de inverno. De todo modo, quer fiquem em casa lendo um bom livro, aprendam o português ou torçam pelo seu time de hóquei preferido, os finlandeses aproveitam a estação de inverno das mais variadas formas.

Por Salla Korpela

Links