Bruxas anunciam Páscoa Finlandesa

Tradições da Páscoa Finlandesa mesclam religião e rituais de primavera. Atenção: Bruxinhas podem tocar sua campainha.

ler artigo

As tradições da Páscoa Finlandesa misturam referências religiosas com costumes relacionados à tão aguardada chegada da primavera. Ao atender a porta no Domingo antes da Páscoa, você poderá se deparar com as pequenas e amáveis bruxas se oferecendo para proteger seu lar em troca de doces.

Na mais popular tradição familiar, jovens crianças (especialmente meninas) se vestem de bruxas da Páscoa, adornadas com velhas roupas coloridas e pintas de tinta em seus rostos. “As pequenas bruxas então vão de porta a porta trazendo ramos de salgueiro decorados com coloridas penas e papel crepe como meios de oração para afastar os maus espíritos, em troca de presentes”, diz o especialista em cultura infantil Reeli Karimäki do Centro de Arte Infantil em Vantaa, ao norte de Helsinque.

Assim como muitos chefes de família, Karimäki mantem um cesto cheio de ovos de Páscoa de chocolate perto da porta para “pagar” as travessas bruxinhas. Outras famílias as recompensam com doces ou pequenos presentes – ou então mantêm suas portas de entrada decididamente fechadas.

Bruxas orientais e ocidentais

3986-easter_willow-catkins_flickr_cc-by-nc-nd-2_0_villemisaki_550px-jpg

Ramos de salgueiro como este são cortados e decorados por crianças para dar como presente quando vão de porta em porta vestidas de bruxas.Foto: VilleMisaki/flickr, cc by-nc-nd 2.0

As bruxas recitam uma rima tradicional na porta: Virvon, varvon, tuoreeks terveeks, tulevaks vuodeks; vitsa sulle, palkka mulle! (Traduzindo: Tenho um ramo mágico para um novo e saudável ano; um ramo para você e um doce para mim!)

“Interessantemente, esse costume das crianças finlandesas mesclam duas tradições mais antigas – um ritual ortodoxo russo onde ramos de bétula representavam as palmas dispostas no chão quando Jesus entrou em Jerusalém no Domingo de Palmas; e uma tradição da Suécia e da Finlândia Ocidental na qual as crianças zombam sobre os antigos temores de que bruxas malvadas poderiam surgir no Sábado de Páscoa”, explica Karimäki.

Para este dia, as pequenas bruxas tendem mais a aparecer no Sábado de Páscoa na Finlândia ocidental, mas no Domingo de Palmas nas outras regiões.

Karimäki acrescenta que, conforme a Páscoas se aproxima, as crianças finlandesas também plantam sementes de grama em cavidades ocas do solo e colocam ramos de bétula em vasos de água, e então observam avidamente para ver os brotos verdes e botões aparecerem, simbolizando a renovação da vida pela estação da primavera. Ovos de Páscoa e coelhos da Páscoa – ambos símbolos pré-Cristãos de fertilidade – também surgem na Finlândia, apesar dessas serem importações culturais mais recentes.

Cozinha sazonal

3986-easter-pasha_visitfinland_550px-jpg

“Pasha” é um pudim cremoso e colorido, algumas vezes feito em uma forma decorada com motivos religiosos.Foto: Visit Finland

O cordeiro assado é o prato principal mais comum para um jantar em família do Domingo de Páscoa na Finlândia. Duas sobremesas sazonais locais também são amplamente apreciadas. Mämmi é um pudim marrom escuro com aparência mole feito de malte e farinha de centeio.

O Mämmi foi tradicionalmente servido em bandejas de casca de bétula, mas gora está disponível em lojas de alimentos ao redor do país em cada primavera em caixas de papelão pré-embaladas.

“Apesar não ter uma aparência muito apetitosa, seu gosto é delicioso e as crianças o adoram, especialmente quando servido com creme e açúcar”, diz Karimäki.

Pasha é um tipo de pudim cremoso e colorido feito de queijo caseiro adocicado, ovos, creme e temperos, deixados de um dia para o outro para solidificar – tradicionalmente em uma forma decorada com motivos religiosos, especialmente na Finlândia ocidental, onde a influência da Igreja Cristã Ortodoxa é mais predominante.

A Páscoa é o feriado anual mais importante para os Cristãos Ortodoxos da Finlândia, os quais representam aproximadamente 1 % da população, mas esse também é um tempo de celebração religiosa para os membros ativos da Igreja Evangélica Luterana, que conta com mais de quatro milhões de membros.

Encenações do Drama da Paixão, oratórias e fogueiras

“A missa da noite na Quinta-Feira Santa, data comemorativa da Última Ceia, ainda é um dos eventos eclesiais mais populares do ano”, afirma Iiris Kivimäki, do centro de comunicação da Igreja Evangélica Luterana. “Durante a Semana Santa antes da Páscoa, concertos como as oratórias da Paixão de Bach, também são realizados em muitas igrejas.”

3986-easter_bonfire_pohjamaa_flickr_cc-by-nc-nd-2_0_samikki_550px-jpg

Em vários vilarejos da Finlândia ocidental, fogueiras ainda são acesas para afastar espíritos malignos na noite do Sábado de Páscoa.Foto: samikki/flickr, cc by-nc-nd 2.0

As encenações da Paixão e as procissões também se tornaram recentemente bem populares entre os fiéis da igreja. “Em Helsinque, a procissão da Paixão da Via Crucis, a qual termina na Catedral Luterana ou na Praça do Senado, é realizada na Sexta-Feira Santa. Cerca de 15.000 pessoas seguem essa reencenação da paixão de Jesus Cristo e sua crucificação todos os anos”, acrescenta Kivimäki.

Em muitos vilarejos da Finlândia ocidental, fogueiras ainda são acesas para afastar os espíritos malignos na noite do Sábado de Páscoa, quando os trabalhos da igreja com grande participação do público também são realizados para preparar as comemorações da Ressurreição

Enquanto isso, o país inteiro aproveita um final de semana prolongado se quatro dias, talvez com passeios ao ar livre em busca dos primeiros sinais da primavera – ou apenas ficando em casa se o clima reincidir e uma neve tardia cair.

Por Fran Weaver, março de 2013