Aprendendo finlandês na comunidade

Työväenopisto oferece aos alunos várias capacitações a baixo custo e cursos de língua finlandesa como principal atrativo

ler artigo

Na Finlândia, uma variedade de universidades comunitárias chamadas de Työväenopisto ajudam alunos a se familiarizarem com os 15 diferentes casos do jargão local, dentre muitas outras coisas educacionais.

Disponibilizado para todos os residentes da nação, há algo verdadeiro para todos em sua Työväenopisto local, com matérias de curso englobando tudo desde história da arte até preparação física e numerosos idiomas.

“Nossos cursos são destinados para pessoas fora do mercado de trabalho, aposentados, pessoas com crianças pequenas e também aqueles que estão trabalhando e querem assistir aulas noturnas”, declara Eero Julkunen, Vice-Diretor da Työväenopisto de Helsinque.

Recém-chegados à Finlândia estão cada vez mais provando para si mesmos que são perfeitamente capazes de se comunicar no idioma local e se integrar completamente na sociedade finlandesa graças, em boa parte, às diversas variedades de cursos de idioma disponíveis em instituições como Työväenopisto.

“Contamos com cerca de 50 diferentes cursos de linguagem finlandesa, mas também existem aulas de culinária e TI na oferta específica para estrangeiros”, explica Julkunen.

Em conjunto, os estudantes têm conhecimentos em cerca de 80 idiomas diferentes.

“É sempre interessante ter culturas bastante distintas na sala de aula”, explica o coordenador de planejamento de curso Sylvi Lankinen. “É uma experiência muito prazerosa.”

Falando internacionalmente

2810-dsc_0287-550-jpg

A ucraniana Valentina Paliichuk desfruta do ambiente multicultural de sua classe. Foto: Emilia Kangasluoma

“Meus colegas de classe são de vários países”, conta a estudante de idioma finlandês Valentina Paliichuk, vinda da Ucrânia. “Há pessoas da Espanha, Itália, Equador, Rússia, Estônia e muitos outros. Cada um tem uma história para contar de seu país e tradições sobre as quais nós falamos na aula.”

Além disso, na mesma aula, o indonésio Abdurrahman Tauhid aprecia a importância de se comunicar no idioma local, tendo chegado à Finlândia oito meses atrás para morar com sua namorada.

“A maioria das pessoas aqui falam inglês, mas você realmente precisa falar finlandês para conseguir um emprego”, ele observa. “Finlandês é uma linguagem difícil, mas eu pretendo aprendê-lo e viver aqui. Tudo é possível, contanto que você acredite em si próprio.”

Aparte de obterem um emprego aqui em sua profissão escolhida, os alunos na Työväenopisto têm diferentes motivos para aprender o idioma.

“Eu comecei a aprender finlandês assim que tive um filho aqui”, explica o espanhol Julio Ortiz. “Eu quero ajudar quando ele eventualmente for à escola e começar a fazer suas lições de casa.”

2810-dsc_0334-550-jpg

O italiano Paolo Bucciarelli recentemente decidiu aprender finlandês, esperando se tornar mais parte da comunidade daqui. Foto: Emilia Kangasluoma

No entanto, para alguns, sua motivação não é questão de necessidade de trabalho ou compromissos familiares. Após viver aqui indo e vindo por quase sete anos, o produtor musical italiano Paolo Bucciarelli recentemente decidiu que era o momento certo para tentar a sorte apostando no idioma local.

No entanto, para alguns, sua motivação não é questão de necessidade de trabalho ou compromissos familiares. Após viver aqui indo e vindo por quase sete anos, o produtor musical italiano Paolo Bucciarelli recentemente decidiu que era o momento certo para tentar a sorte apostando no idioma local.

Dada a ampla gama de opções para estudar finlandês com ofertas de uma variedade de instituições, por que então escolher Työväenopisto?

“Um amigo meu estudou italiano aqui e me recomendou, pois ele recebeu boa tutela e é um tanto barato. E pensei, ‘está bem, vamos tentar’. A melhor maneira é apenas mergulhar de cabeça e se manter flutuando. Estou levando isso tudo pelo lado filosófico: pelo menos ao final do curso eu vou saber mais do que quando comecei.”

Rede linguística segura

2810-dsc_0391-550-jpg

Aparte do idioma finlandês, os cursos nas universidades comunitárias Työväenopisto englobam uma diversificada gama de disciplinas. foto: Emilia Kangasluoma

Hoje em dia, você não precisa realmente participar de uma discussão classe para aprender finlandês. Enquanto uma rápida pesquisa no Google revela um número de diferentes áreas relacionadas on-line, uma das mais populares foi aquela da Kesäyliopisto (universidade de verão).

“Eu comecei dando cursos on-line há três anos”, explica Anne Palokangas, docente na Universidade de Verão de Ostrobótnia do Norte. “Muitas pessoas que vivem em pequenas vilas não pode encontrar cursos porque se não houver estrangeiros suficientes vivendo nas proximidades, então nenhum curso será organizado e ministrado naquela área. Além disso, algumas pessoas têm dificuldade de sair de suas casas por terem bebês, então eles também podem participar. Algumas vezes temos gatos e cachorros, e também bebês chorando na sala de aula.”

Com estudantes espalhados ao redor do país, bem como regiões distantes, como EUA, Rússia e Ásia, a praticidade da Internet é certamente bastante útil.

“É tão fácil ir à aula quando ela é on-line”, exclama Palokangas. “Eu nunca sei onde as pessoas estão. Elas podem estar na porta ao lado, em seu caminho do trabalho para casa, ou então no Brasil, Itália ou Espanha.”

Por James O’Sullivan, Setembro de 2013

Veja também no thisisFINLAND

Links