Os finlandeses sonham com um Natal verde

Organizações ambientais finlandesas oferecem dicas para quem quer consumir menos no Natal sem deixar de se divertir.

ler artigo

Às vezes parece que o Natal perdeu o seu significado tradicional e se tornou uma celebração do consumismo excessivo. Organizações ambientais finlandesas oferecem muitas dicas para você curtir as festividades natalinas de modo sustentável com o máximo de diversão.

“É bom tentar ter um Natal verde, e isso não significa que você não deve ir às compras e curtir as festividades, afinal suas escolhas de consumo rotineiras durante os 364 dias do ano têm um impacto muito maior do que as feitas no período de Natal”, alega Jussi Nikula, líder de um programa de pegadas ecológicas da WWF Finlândia.

Para muitos, o Natal é tempo de presentear. Porém, as organizações ecológicas finlandesas estão incentivando as pessoas a presentear com itens não materiais, evitando assim o acúmulo de presentes indesejados em nossos lares. “Se você realmente quer fazer alguém feliz, uma das melhores maneiras de celebrar o Natal é levando esse alguém para sair e compartilhar momentos especiais, como um show ou exposição”, sugere Nikula. Pessoas idosas que vivem sozinhas podem apreciar ainda mais esse tipo de presente.

Instituições como a FinnChurchAid, WWF e World Vision Finland organizam esquemas populares que permitem que as pessoas ofereçam presentes que possam mudar (ou até mesmo salvar) vidas de pessoas necessitadas em países em desenvolvimento em nome de amigos que já têm o bastante para serem felizes.

Apreciando alimentos com moderação

|||Foto: Jussi Nukari/Lehtikuva

Pratos finlandeses como a salada de beterraba e as caçarolas de legumes são alternativas sustentáveis, além de promoverem o consumo de produtos cultivados localmente. Foto: Jussi Nukari/Lehtikuva

Segundo Nikula, os três aspectos principais das pegadas ecológicas que deixamos durante todo o ano são: transporte, alimentação e habitação. Esses aspectos também geram os principais problemas que devemos levar em consideração ao planejar um Natal verde.

“Quando o assunto é alimentação no Natal, o consumo excessivo certamente é uma tendência. O mais importante é evitar comprar comida em excesso, e para evitar o desperdício, basta congelar as sobras ou usá-las de modo inteligente.”

O principal item em uma ceia de Natal finlandesa é uma peça gigante de presunto. “Na verdade, uma peça de presunto bem menor do que a tradicional seria melhor para a maioria das famílias, garantindo assim espaço para pratos finlandeses tradicionais como a salada de beterraba e a caçarola de legumes, promovendo o uso de produtos cultivados localmente e que não agridem o meio ambiente”, sugere Nikula.

Peixes também são bastante comuns em refeições de celebração em todo o país. O arenque salgado ou outras espécies criadas em viveiros sustentáveis são ótimas alternativas para pratos de entrada em vez do salmão selvagem, que é explorado excessivamente. A WWF Finlândia publicou um guia detalhado para zonas de pesca gerenciadas de modo sustentável.

A sobremesa natalina mais tradicional na Finlândia é o arroz doce com ameixas. Nikula sugere a retomada de uma tradição ainda mais antiga, na qual a sobremesa era feita com cevada cultivada localmente.

Escolhas natalinas sustentáveis

|||Foto: Matti Kolho/Visit Finland

O seu jardim não precisa superar o brilho das luzes de Las Vegas quando se pode criar um clima ainda melhor com uma luminária feita com gelo e uma vela. Foto: Matti Kolho/Visit Finland

“O Natal também é o tempo em que muitas pessoas gostam de viajar para visitar parentes ou para curtir as férias, e a escolha de como a viagem será realizada pode ser uma verdadeira armadilha se a ideia é curtir um Natal mais ecológico”, alerta Nikula. “O impacto ambiental causado por um voo para a Tailândia no Natal provavelmente supera toda e qualquer atividade que você poderia realizar em seu país de origem.”

Uma grande quantidade de piceas plantadas na Dinamarca e na Estônia especialmente para o Natal está sendo importada pela Finlândia, mesmo que isso possa parecer o mesmo que exportar areia para o Saara. A WWF recomenda a compra de árvores cultivadas localmente, especialmente aquelas cujos topos inclinados foram cortados para outros usos comerciais.

As luzes de Natal e velas são muito usadas em todo o país para iluminar a escuridão do inverno. Porém, o seu jardim não precisa superar o brilho das luzes de Las Vegas quando se pode criar um clima ainda melhor com velas espalhadas estrategicamente em luminárias finlandesas feitas com bolas de neve ou baldes com água congelada virados de cabeça para baixo.

“Ao comprar luzes de Natal, procure opções duráveis de baixo consumo de energia”, sugere Nikula. “E se você gosta de usar aquelas velas em forminhas, é importante separá-las para reciclagem, afinal de contas o alumínio tem um alto impacto ambiental.”

Organizações ambientais encorajam o uso de cartões eletrônicos para promover a economia nos gastos com envelopes, cartões e serviços postais, apesar de a WWF também vender cartões natalinos cujos lucros são revertidos para programas de preservação da natureza em todo o mundo.

“Ter um Natal mais verde pode ser definitivamente simples. Presenteie aqueles que você ama com o seu tempo precioso e compartilhe momentos únicos em vez de dar presentes materiais, evite o desperdício de comida e pense como você pode viajar de modo ecológico no Natal.”

Por Fran Weaver, dezembro de 2013

Veja também no thisisFINLAND

Links